"A verdadeira poesia não diz nada, apenas destaca as possibilidades. Abre todas as portas. As pessoas podem atravessar aquela que se lhes ajusta." Jim Morrison

Brasil!! Mostra tua cara!!!!!!

Quantas vezes você já ouviu alguém falando “Política não se discute”!? Você concorda com ela? Ela é nacionalista ou “conformada”? Isto é prejudicial?

Hoje, a maioria dos brasileiros não é nacionalista e são analfabetos políticos. Eles usam está frase para não ter que sair da sua “zona de conforto” e discutir um assunto polemico, para qual eles não tem argumentos suficientes para comprovar suas idéias. Estes são os analfabetos políticos.

 

Os analfabetos políticos são prejudiciais para o país, porque eles são facilmente manipulados e votam de forma equivocada com base em argumentos falsos. Eles votam em quem promete mais e não em quem tem mais argumentos e condições para sustentar e realizar, respectivamente, suas propostas.

 

O fato de ser nacionalista dificulta a “formação” de analfabetos políticos, porque os nacionalistas se importam com o país, por isso, se informa melhor sobre os candidatos e suas propostas. Tendo estas informações eles buscam discutir sobre política para “testar” seus argumentos e, com isso, aprendem mais e, portanto julgam melhor na hora de votar.

 

As pessoas devem entender que se conformar com o que está acontecendo com a política no país não vai mudar nada, o que vai mudar alguma coisa, e as pessoas se conscientizarem na hora de votar e cobrar a realização das propostas dos candidatos, depois que eles forem eleitos. Todo mundo vota e depois esquece de “cobrar” o seu voto. O país só vai pra frente se todos os cidadãos começarem a pensar antes, durante e depois de votar. O brasileiro está acomodado e por isso não luta mais, vamos levantar da cadeira e lutar pelos nossos direitos. “Ninguém pode te impedir se você sabe o que quer!”

 

Vamos para frente Brasil!!!!

 

Pablo SROSA.

Anúncios

2 Respostas

  1. Nacionalismo é uma ideologia baseada na ideia de que a devoção e lealdade dos indivíduos a um estado-nação é mais importante do que qualquer outro interesse individual ou de grupo.
    Talvez. A participação política do individuo não necessita-se da adesão a ideologia, e sim de uma conscientização de cidadania. Ser cidadão é ter consciência de que é sujeito de direitos. Direitos à vida, à liberdade, à propriedade, à igualdade, enfim, direitos civis, políticos e sociais. Mas este é um dos lados da moeda. Cidadania pressupõe também deveres. O cidadão tem de ser cônscio das suas responsabilidades enquanto parte integrante de um grande e complexo organismo que é a coletividade, a nação, o Estado, para cujo bom funcionamento todos têm de dar sua parcela de contribuição.
    O que acha?

    25/11/2010 às 8:13

  2. Pablo Rosa

    Concordo.
    Atualmente o cidadão não esta ciente de seus direitos e muito menos de seus deveres. Isto deve mudar para que o país possa evoluir.
    Considero o Nacionalismo a melhor saída, pois estaríamos valorizando o país.
    Um Nacionalista, como já foi dito, tem consciência de seus atos, ou seja, está ciente de seus deveres e sabe que o fato que cumpri-los, ou não, resultara em benefícios, ou prejuízos, ao país.
    Obrigado pelo comentário!!
    Pablo SRosa

    25/11/2010 às 20:01

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s