"A verdadeira poesia não diz nada, apenas destaca as possibilidades. Abre todas as portas. As pessoas podem atravessar aquela que se lhes ajusta." Jim Morrison

A alquimia de um ourives

Há dezesseis anos veio ao mundo o meu filho.

Pablo!

Desde a concepção, uma espera programada.
O zêlo de sua mãe antes da gravidez , e durante.
Até a hora do parto.
O antendimento médico do pré natal.
A descobeta do sexo através do ultrasom
A montagem do quarto: moveis, cortinas, estande, brinquedos até mesmo um aparelho de som para ouvirmos classicos de Beethoven, Tchaikovsky, Mozart, Vivaldi, Bach, Chopin e mais o bolero de Ravel.

O nascimento.

 

As visitas, entre elas a da minha mãe.
O teste do pezinho.
O primeiro banho, o primeiro ovinho quente, o primeiro encatinhar, os primeiros passos., o batismo, o primeiro aniversario, a primeira festa no educandario.
Você viveu todos este momentos como o protagonista e pode ver todos estes momentos, porque os gravei.
Hoje eu relembro de todos eles e omito alguns, mas todos eles estão lá na fita cassete ou no DVD.

 

O principal objetivo dos alquimistas era produzir ouro a partir de outras substâncias, como o chumbo.
O ouro é usado como símbolo de pureza, valor, realeza e ostentação.
Toneladas deste metal seria recusado se eu tivesse a certesa que  bateei alguém de melhor e maior valor.
Minha modesta alquimia foi de prepara-lo para alcar vôo em direção ao seu horizonte.
Você e eu sabemos como foi.
Distante, hoje a 195 km de sua morada.
Ligados não só pela tecnologia modena.

Mas sobretudo pela devoção de um pai sempre presente.

Interrompi por instantes porque sussurravam em meu ouvido.
Percebi que era o nosso filosofo predileto.
Em seu silêncio balbuciou  “O Homem é uma corda esticada entre o animal e o Super-Homem, Uma corda por cima do abismo”  Foi além e vociferou “A grandeza do homem é ser ele uma ponte, e não uma meta; o que se pode amar no homem é ser ele uma transição e um ocaso.” –  Nietzsche.

Como garimpeiro deve continuar lavando  o cascalho extraido dos rios ou riachos  para separar as pepitas do ouro das pedras do cascalho. Lembre sempre que a pirita parece mas não é

Parabéns!
rar

http://rogerioantoniorosa.blogspot.com/

Anúncios

Uma resposta

  1. Para ficar completo.
    Coloco aqui o teu comentário feito em minha página

    “O papel e caneta em suas mãos renovam a esperança,
    De que seu futuro não seja apenas sombras. ( sombras)

    “Perdido seja para nós aquele dia em que não se dançou nem uma vez! E falsa seja para nós toda a verdade que não tenha sido acompanhada por uma gargalhada!” (Nietzsche)

    Daqui a dezesseis anos continurei garimpando até que um dia chegue a minha vez de escrever o texto!
    Muito obrigado pai!”

    09/01/2011 às 15:59

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s