"A verdadeira poesia não diz nada, apenas destaca as possibilidades. Abre todas as portas. As pessoas podem atravessar aquela que se lhes ajusta." Jim Morrison

Além do horizonte

Andando livremente, pela sombra

Olhando para o horizonte

Ouvindo cantos de pássaros, enquanto lembranças tranqüilas passam por sua cabeça

Sem medo, sem frustração

Nada o incomoda, ele está relaxado

Há alguns dias ele estava tenso, com medo

Um sentimento diferente surgia e o corroia

Suas visões o atacavam, o torturavam

Hoje nada disso acontece

Ele esta calmo, feliz

Seria ele bipolar?

Ou só mais um louco?

Ele não está escrevendo por necessidade

Não existem motivos para este texto

Ele apenas teve um súbito desejo de escrever

Não está solitário

Ou, pelo menos, não se sente solitário

Quem, ou ‘o quê’, conseguiria tocar o intocável?

Mudar o imutável?

O que provocaria tão súbita mudança?

Ninguém respondeu ainda, mas algo mudou

Ele parece estar normal,

Mas, no seu caso, isto não seria diferente?

 

Pablo SROSA

Anúncios

Uma resposta

  1. fernanda

    nossa amei!!!

    06/10/2012 às 23:00

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s