"A verdadeira poesia não diz nada, apenas destaca as possibilidades. Abre todas as portas. As pessoas podem atravessar aquela que se lhes ajusta." Jim Morrison

Atenção dividida! O que é? Como funciona?

Atenção é um processo cognitivo pelo qual o intelecto focaliza e seleciona estímulos, estabelecendo relação entre eles. A todo instante recebemos estímulos, provenientes das mais diversas fontes, porém só atendemos a alguns deles, pois não seria possível e necessário responder a todos. É um processo de extrema importância em determinadas áreas, como na educação, já que se exige, por exemplo, a um aluno que preste atenção às matérias lecionadas pelo professor, ignorando outros estímulos visuais, sonoros ou outros, como o que se está a passar fora da sala de aula (estando, neste caso, relacionado também com o problema da disciplina). Além da atenção concentrada, em que se seleciona e processa apenas um estímulo, também pode existir atenção dividida, em que são selecionados e processados diversos estímulos simultaneamente – como quando se conduz um automóvel e se ouvem as notícias do rádio simultaneamente.

Para que a atenção atue são necessários três fatores básicos:

  • Fator fisiológico, onde depende de condições neurológicas e também da situação contextual em que o indivíduo se encontra;
  • Fator motivacional: depende da forma como o estímulo se apresenta e provoca interesse;
  • Concentração: depende do grau de solicitação e atuação do estímulo, levando a uma melhor focalização da fonte de estímulo.

Quanto à fonte de estímulo podemos ter estímulo visual, auditivo e sinestésico.

Diferentes tipos de atenção

1. Atenção Concentrada: é a habilidade de se concentrar em um estímulo, enquanto excluímos outras coisas à nossa volta, como por exemplo, quando estamos estudando ou dirigindo.

2. Atenção Sustentada: representa a habilidade de manter uma resposta estável durante uma atividade incessante e repetitiva, ou seja, nos permite manter o foco em uma tarefa por um período de tempo contínuo sem ser distraído, como por exemplo, se manter atento durante uma longa reunião.

3. Atenção seletiva: você consegue “selecionar” em que você presta atenção. Ela se refere ao ato consciente de se concentrar e evitar distrações de estímulos tanto externos, como barulhos, quanto internos, como pensamentos desnecessários. Um bom exemplo de atenção seletiva é conseguir se concentrar na voz do professor em uma sala de aula lotada e barulhenta.

4. Atenção alternada: quando muda o foco da atenção ou alterna entre diferentes tarefas que tenham diferentes níveis de exigência de compreensão, está praticando atenção alternada. Um exemplo é ler uma receita e depois a executar.

5. Atenção dividida: É a habilidade de responder simultaneamente a múltiplas tarefas. Quando processamos duas ou mais respostas ou reagimos a duas ou mais demandas diferentes simultaneamente, nós utilizamos nossa atenção dividida. Há diversos exemplos em nosso cotidiano para comprová-la, como verificar e-mail enquanto participa de uma reunião e dirigir ouvindo música ou conversando, e assim por diante. Na verdade, o que fazemos é alternar rapidamente entre as tarefas, dando a impressão de executá-las de forma simultânea.

Anormalidades

  • Hipoprosexia: diminuição global da atenção;
  • Aprosexia: total abolição da capacidade de atenção, independente dos estímulos;
  • Hiperprosexia: atenção exagerada com certa tendência;
  • Distração: sinal de superconcentração ativa da atenção sobre determinados conteúdos e objetos;
  • Distraibilidade: estado patológico que se exprime por instabilidade marcante e dificuldade ou incapacidade para se fixar ou se manter em qualquer coisa que implique esforço produtivo;
  • Incapacidade de concentração.

Como qualquer uma das nossas habilidades cognitivas, nossa atenção melhora com a prática. Desenvolver nossa atenção nos ajuda a processar informações com maior eficácia. Por isso, pratique constantemente treinamentos cerebrais para ajudar a fortalecer a concentração.

Lembrando que o post acima é uma pesquisa realizada por mim. Este texto foi editado e contem conteúdos de vários outros sites. Os textos que usei como ‘base’ foram escrito por psicólogos, psicanalistas e outros profissionais do ramo, portanto, este texto não um simples “achismo” meu.

Qual quer duvida pergunte!

Obrigado!

Pablo S Rosa

Anúncios

3 Respostas

  1. Laura Selga

    Gostei do post : )

    22/03/2011 às 12:19

  2. http://veja.abril.com.br/noticia/vida-digital/cerebro-incapaz-fazer-mais-duas-coisas-ao-mesmo-tempo-conclui-estudo

    Olha essa reportagem que eu achei, o que isso quer dizer?! Não contradiz o que você falou não, né?! Me explique isso melhor por favor, fazendo a diferença entre essa e aquela.

    21/03/2013 às 15:47

    • Pablo Rosa

      Igor, primeiramente, desculpe a demora ao responder.
      O link que você postou é bem interessante, porém ele fala que é possível realizar duas tarefas ao mesmo tempo, – o que já caracteriza atenção dividida – mas, de acordo com ele, não conseguimos realizar mais de duas tarefas ao mesmo tempo.
      Vale a pena ressaltar que esse é um estudo isolado, ainda não tivemos outros estudos que chegaram a esse mesmo resultado – não estou dizendo que o estudo está errado, apenas que ele pode ser inconclusivo.
      Outro fato que vale a pena ressaltar é que, às vezes, realizamos duas ou mais tarefas ao mesmo tempo, porém a ‘qualidade’ das tarefas pode diminuir, pois não temos total atenção/dedicação a ela – vale a pena lembrar também que o grau de ‘dificuldade’ das tarefas influência na capacidade de realiza-las simultaneamente.
      Portanto, não acho que contradiz exatamente o que o artigo que eu postei diz – até porque o meu artigo também é baseado em artigos científicos – acho apenas que mostra limitações do potencial de atenção.

      Obrigado pela participação, espero ter ajudado e continue participando.
      Pablo S Rosa

      03/04/2013 às 14:14

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s