"A verdadeira poesia não diz nada, apenas destaca as possibilidades. Abre todas as portas. As pessoas podem atravessar aquela que se lhes ajusta." Jim Morrison

Para Srª L. (what went on in your head?¹)

 

Parado apenas escutando as histórias

Histórias que trazem lembranças

Histórias que se repetem

Personagens conhecidos

Personagens que o conhecem

Personagens que exigem sua opinião

Personagens que exigem resposta

Personagens que querem descobrir algo

Personagens que querem entendê-lo

Personagens que não conseguem entendê-lo

É, realmente são muitos personagens

São muitas exigências

Muitos rótulos são impostos a ele devido sua posição

Maluco; Estranho; Ignorante; “viajado”; Imbecil; Chato

Todos querem rotulá-lo

Mas todos querem as resposta que ele tem

Mas porque ele tem a resposta?

O que ele tem de especial?

Nada! Ele apenas sabe ouvir

Ele apenas sabe o que quer

Citando o poeta ele se define

“Sou um pobre cômico que se empavona,

Agito por uma hora no palco sem que seja ouvido

E depois, apenas ouve uma história contada por um tolo

Uma história cheia de fúria e muita barulheira, que nada significa.”

A interpretação fica por conta de cada um

Interpretem as palavras como queiram

Elas manterão o seu sentido apesar das possíveis, interpretações erronias

E Ele manterá sua posição

Ele só ira questionar

O álcool faz você fazer o que você não quer fazer?

Ou ele apenas te da coragem para você fazer o que realmente quer?

As pessoas podem te influenciar a fazer uma coisa que você não quer fazer?

E se você souber que elas estão te manipulando? Você ainda fará uma coisa não deseja?

Todas as historias tem um final feliz?

As histórias se repetem?

 

—————–//——————

 

Ele ainda quer entender “o que passa por suas cabeças”³ quando lêem este texto

Ele ainda quer saber o que vocês acham sobre este ‘eu’ oculto no texto

Este texto é diferente de sua forma habitual de escrever

O ‘eu’ do texto, desta vez, não é O excluído

Ele está emprestando sua maneira de pensar para outra pessoa

Isso não seria meio esquisito?

Esquisito ou não ajude este ‘eu’ a pensar

E me digam ‘o que passa por sua cabeça’

 

 

1. A tradução do titulo é: ‘o que se passava por sua cabeça?’

2. [nota] Desculpe a maneira confusa e pouco habitual utilizada neste texto, mas tive que escrever desta forma para não expor mais ou ‘eu’ oculto neste texto. A opinião de todos é valida e necessária.

3. A palavra ‘ele’ ainda se refere ao excluído neste texto, porem, o personagem principal do texto não é O excluído.

 

Pablo S Rosa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s