"A verdadeira poesia não diz nada, apenas destaca as possibilidades. Abre todas as portas. As pessoas podem atravessar aquela que se lhes ajusta." Jim Morrison

Em nome da rosa

Às vezes, acho que estou só
Mas, percebo que é mentira
Pois, sozinho, eu não ia conseguir
E se depois de tanto tempo eu continuo de pé
É graças a você, minha adorável rosa de duas pétalas
Sei que existem outras rosas por aí
Mas, nenhuma é tão importante quanto está, de duas pétalas
A distância entre as pétalas é grande
Mas tenho que superá-la
Não nego que muitas vezes penso em desistir
Não nego que, muitas vezes, não consigo pensar sem você aqui
Muitas vezes meu anjo não é o suficiente
Ele ainda é muito inexperiente
E a rosa de duas pétalas é o complemento ideal
Da mesma maneira que o pai aconselha o filho, ela me aconselha
Ela tem o poder de me guiar
Não nego que ela erre
Não nego que as lembranças me aproximam dela
Não nego que devido a sua presença vejo as mascaras mais próximas
Não nego que, muitas vezes, preferiria não ver
Mas, não me arrependo
Pois vejo nesta rosa a minha válvula de escape
Assim como vi em meu anjo a minha salvação
E meu anjo aceitou está rosa!

Pablo S Rosa

Anúncios

Uma resposta

  1. Leonardo

    Esse Pablo é um Orgulho !

    Texto muito bom , continue assim que você vai longe parceiro !

    Abraços

    27/06/2011 às 19:07

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s