"A verdadeira poesia não diz nada, apenas destaca as possibilidades. Abre todas as portas. As pessoas podem atravessar aquela que se lhes ajusta." Jim Morrison

Debute querida flor!

Anos, anos e anos

Eles passam tão rápido que nem percebemos

Em um minuto aquela criança inocente já amadureceu

Em um minuto ela larga as bonecas e quer discutir assuntos importantes

Há pouco tempo eu lembrava das conversas e das brincadeiras inocentes

Hoje me lembro dos assuntos importantes e interessantes

Antes, a opinião era simplesmente aceita

Hoje ela é questionada

Antes, textos eram apenas um monte de palavras juntas

Hoje, são mais complexos

Às vezes, os textos são até ‘pontos’

Antes, as atitudes não tinham importância

Hoje, elas vão pesando

Anos, anos e anos

Lembro quando te conheci calada em um canto

Era a minha ‘autista’

Hoje já fala mais que eu

Alguns momentos são memoráveis

Outros desprezíveis

Portanto, não lhe desejo felicidade

Pois, sei que já a possui

Não lhe desejo juízo

Pois, sei que já tem

Não lhe desejo amor

Pois, sei que já ama

Eu apenas te desejo liberdade

Para que você possa voar e conquistar o resto de seus sonhos

Parabéns Laura

Anúncios

2 Respostas

  1. Nossa, que lindo. Laura sempre diz dos teus textos, vi que ela tem razão.

    03/05/2011 às 20:32

  2. Pablo Rosa

    Obrigado Bárbara!

    03/05/2011 às 20:48

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s