"A verdadeira poesia não diz nada, apenas destaca as possibilidades. Abre todas as portas. As pessoas podem atravessar aquela que se lhes ajusta." Jim Morrison

O homem da caixa

Sempre em seu canto

Sozinho

Sempre observando

Um mundo estranho ao seu redor

Algumas pessoas brincando

Outras apenas conversando

E outras estudando

Mas, todos divididos em grupos

Todos fazendo alguma coisa

E Ele ali

Parado

Sentado

Como se estivesse preso

Mas, sem correntes

Sem medo!

Ele está ali

Conversando comigo

Apenas conversando

E eu apenas ouvindo

Ouvindo e observando

Observando sua solidão

Suas paixões

Suas histórias

Observando com um espectador qualquer

Percebendo mensagens entra as linhas

Notando nomes entre as palavras

Lendo sentimentos perdidos pela falta de pontuação!

Em cada estória

Uma nova história

A cada palavra

Vem uma nova inspiração

Uma nova ideia

Uma nova vontade

E Ele faz tudo isso sentado em seu canto

Faz tudo isso com o simples ato de se calar

Ou será que eu supervalorizo seus textos?

Ou será que sou em que imponho os meus significados aos Seus textos?

Não sei

Mas, Ele faz tudo o que faz de Seu canto

Apenas em Seu canto

Apenas calando-se

Ele consegue fazer!

Pablo S Rosa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s