"A verdadeira poesia não diz nada, apenas destaca as possibilidades. Abre todas as portas. As pessoas podem atravessar aquela que se lhes ajusta." Jim Morrison

Palavrões também tem utilidade!! @###X#!

O estudo, dos pesquisadores Richard Stephens e Claudia Umland, da Keele University, em Newcastle-Under-Lyme, Inglaterra, mostra que xingar pode reduzir a sensação de dor. Um total de 71 voluntários com idades entre 18 e 46 anos participou do teste.

O teste consiste em deixar os voluntários com as mãos em um balde com água extremamente gelada e deixar que, alguns, falem palavrões escolhidos por eles mesmo. Os participantes diziam palavrões conseguiam manter suas mãos dentro de baldes contendo água gelada durante mais tempo.

Stephens e sua equipe acreditam que o alívio da dor ocorra porque xingar desencadeia no organismo a chamada reação de luta ou fuga. Eles observaram que houve uma aceleração nas batidas do coração dos participantes que xingavam uma resposta fisiológica associada ao comportamento agressivo.

O estudo provou, portanto, que dizer palavrões produz não apenas uma resposta emocional, mas também física.

Foi provado que falar palavrões ajuda a reduzir a dor, mas, nem por isso, devemos sair xingando tudo e todos, e falar palavrões excessivamente, pois o próprio Stephens alega que se os palavrões são um habito na vida da pessoa, eles perdem o “poder” em relação à dor. “… Se por um lado ele diz que xingar como resposta à dor, pode ser benéfico, também há evidências de que se você xinga com muita frequência em situações do dia a dia o poder do xingamento não vai estar lá quando você precisar dele.” (palavras Stephens)

Pablo S Rosa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s