"A verdadeira poesia não diz nada, apenas destaca as possibilidades. Abre todas as portas. As pessoas podem atravessar aquela que se lhes ajusta." Jim Morrison

Deixe ir

Sentado

No seu canto

Como sempre

Ele continua sozinho

Continua preso em sua rotina

Sempre tentando sair

Mas, sempre voltando!

Por isso,

Ele se levanta

Ele fecha os olhos

Fecha os olhos para não ver aquela “ausência”

Fecha os olhos para não sentir aquela ausência

Ausência que não tem explicação

Ausência que o mantém preso

Talvez seja a rotina

Talvez seja o cansaço

Cansaço de certas pessoas

Cansaço das mesmas pessoas

Talvez seja bobagem

Mas, que, às vezes, tem grande intensidade

Que, às vezes, se misturam a lagrimas

Lagrimas que aparecem de repente

Lagrimas que parece sem explicação

Lagrimas que só aparecem com os olhos fechados!

Quem sabe seja por tristeza

Quem sabe seja por felicidade

Quem sabe seja por saudade

Quem sabe seja por falta do que fazer

Quem sabe…

Quem sabe os olhos fechados sejam a solução

Quem sabe basta lembrar-se de toda a tristeza

Basta pensar em toda tristeza possível

E deixa que ela vá!

 

Pablo S Rosa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s