"A verdadeira poesia não diz nada, apenas destaca as possibilidades. Abre todas as portas. As pessoas podem atravessar aquela que se lhes ajusta." Jim Morrison

Erros

O escuro é a única coisa que posso ver

Cada passo que eu dou

É mais uma pá de areia

Que me enterra nesta escuridão

Os mesmos erros de novo,

Estão rastejando por minha pele

Consumindo-me por dentro

Corroendo cada pedaço!

Os anjos estão cegos

As estrelas começam a mentir

Nada está certo

A chama de uma vela distante

Um pequeno rabisco na parede

São os últimos sinais vistos!

Perdido em uma escuridão infinita

Afundando em um oceano de lágrimas

Sem forças para levantar

Sem um motivo para levantar

Os olhos fixos

Não representam emoções

Não demonstram sentimentos

São apenas os reflexos

Reflexos do abandono

Reflexos de palavras vazias

Palavras que não foram ditas

Ou que não tem mais significados

Mas, que fecham portas

E abrem lacunas imensas

Que impedem a entrada da luz

Fazendo com que tudo fique mais denso

Afundando-me em minha escuridão!

 

Pablo S Rosa

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s