"A verdadeira poesia não diz nada, apenas destaca as possibilidades. Abre todas as portas. As pessoas podem atravessar aquela que se lhes ajusta." Jim Morrison

Memórias

Bem que eu me lembro
De nos dois
Sentados ali
Sem nada para fazer
Apenas sentados na areia
Olhando o nascer do sol!
Eu me lembro
Das palavras que você me disse
Do seu olhar enquanto falava
Até mesmo do vento
Que soprava ao fundo!
É,
Eu me lembro
Me lembro
De suas fotos na estante
De todas as cartas que eu guardei
E que bom que me lembro
Pois, isso é tudo que resta!
Não há como fugir
Não para onde ir
Pois, aonde quer que eu vá
Eu sempre levo a lembrança do seu olhar
Porque eu sei
Que em seus braços
É o meu lugar!
Não importa quanto tempo passe
Não importa o que aconteça
Não importa aonde eu vá
Eu tenho certeza que no final
Tudo vai dar certo!
Não importar quantas vezes as memórias voltem
Não importa quantas vezes seu fantasma venha
Não importa quantas lágrimas eu derrame
Não importa o que aconteça
Não importa aonde eu vá
Pois, no final,
A gente vai se encontrar!

Pablo S Rosa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s