"A verdadeira poesia não diz nada, apenas destaca as possibilidades. Abre todas as portas. As pessoas podem atravessar aquela que se lhes ajusta." Jim Morrison

As palavras dos olhos

As badaladas soam alto

O silêncio grita dentro de mim

E lá fora

Nada aconteceu!

As flores ficaram sem cor

Os motivos foram embora

E a verdade não pode me libertar!

As minhas palavras saem dos meus olhos

E expressam mais do que simples palavras

Expressam mais do que simples frases

E, às vezes,

Nem precisam ser ditas!

Às vezes, o silêncio grita

E as bocas não mexem!

Às vezes, os olhos expressam a alma

Às vezes, o olhar fala mais que o coração

Às vezes, os ouvidos não são necessários

Pois, quanto a luz de seus olhos encontram com os meus

Trazem paz

E faz com que nada mais importe!

Mas, chega a hora

E seus olhos vão embora

Eles levam minha paz,

É neste segundo

Que tudo se repete

É neste segundo

Que eu fico sem fala

É neste segundo

Que minhas palavras saem dos olhos!

Pablo S Rosa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s