"A verdadeira poesia não diz nada, apenas destaca as possibilidades. Abre todas as portas. As pessoas podem atravessar aquela que se lhes ajusta." Jim Morrison

Era uma vez…

Era uma vez,
Tudo em que eu acreditava
Era uma vez,
Tudo o que eu queria
Era uma vez,
O final feliz!
Ainda estão no ar…
Todos os sonhos
Todas as lembranças
Todas as palavras que eu não soube usar,
Tudo ainda está no ar!
Era uma vez,
Um menino
Que falava
Que brincava
Era uma vez,
As palavras bonitas
A crença em um mundo melhor
Era uma vez,
A fé que me restava!
Sem rimas
Sem versinhos
Apenas a crença de que nada dá certo
E a certeza
De que nada será igual novamente!
Era uma vez,
Outro menino
Que acreditava que a vida era um conto de fadas
Que tinha certeza que nem tudo que reluz é ouro
Mas, tudo pode ser jóia se for lapidada!
Eis que veio uma frase errada
Uma frase deturpada
E o conto de fadas
Virou uma fabula
E o menino que acreditava
Viu que sua realidade era sonhada!
Eis que vieram outras palavras falsas
E Era uma vez,
O meu conto de fadas!

Pablo S Rosa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s