"A verdadeira poesia não diz nada, apenas destaca as possibilidades. Abre todas as portas. As pessoas podem atravessar aquela que se lhes ajusta." Jim Morrison

De novo!

A lua some de novo

O sol brilha de novo

O vento sopra de novo

E minhas cartas estão sobre a mesa de novo

De novo

De novo!

Tudo se repete

E eu estou aqui

Com as mesmas cartas

Na mesma mesa

Com as mesmas ideias

Com as mesmas expressões

Vendo se repetir!

Eu ali

Sentado

Olhando nos teus olhos

Revelando meus pensamentos

Sem perceber

Que minhas cartas foram jogadas foras

Sem perceber

Que meus olhos me entregaram

Sem perceber

Que eu estava ali

Esperando você!

Eu estava ali,

De novo,

Mas, sem perceber

Que meu desejo me condena a essa rotina!

Eu estava ali

De novo,

Só para poder te ver

Só para manter vivo o meu desejo

De te olhar

De te abraçar

De te beijar

Eu estava ali,

De novo,

Só para manter meu coração batendo!

 

Pablo S Rosa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s