"A verdadeira poesia não diz nada, apenas destaca as possibilidades. Abre todas as portas. As pessoas podem atravessar aquela que se lhes ajusta." Jim Morrison

Teimosia

Alta madrugada, a luz das estrelas reflete na janela do meu quarto, e eu não sei por que estou acordado.

Talvez sejam muitas ideias, talvez seja a vontade de ver as estrelas ou talvez seja mais uma de minhas brigas com Morféu. Não sei por que, mas ainda estou acordado vendo tempo passar lentamente. Tendo aquela sensação de que não há ninguém esperando por mim lá fora.

É difícil acreditar nisso. É difícil aceitar que a solidão da noite é sua única amiga. É difícil saber que quando a luz chegar, você estará sozinho de novo. É difícil aceitar que lá vem ela, iluminando o horizonte, trazendo a alegria de muitos e trazendo o meu martírio. É difícil aceitar que lá vem ela, iluminando tudo, fazendo as coisas crescerem e me reduzindo a meros fragmentos de ideias. É difícil aceitar que está na hora de levantar e viver tudo de novo, fazer as mesmas besteiras, chorar as mesmas lágrimas, na esperança de tentar mudar. É difícil aceitar que não posso evitar, que não posso desistir. É difícil aceitar, mas eu ainda não posso desistir sem lutar, pois ainda existe um pedaço de mim que acredita.

Pablo S Rosa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s