"A verdadeira poesia não diz nada, apenas destaca as possibilidades. Abre todas as portas. As pessoas podem atravessar aquela que se lhes ajusta." Jim Morrison

Mergulho

Emergimos e ouvimos

Vozes, vozes e mais vozes

De todos os lados

Por todos os lados

Vozes, vozes e mais vozes

Afundamos e voltamos ao pseudosilêncio
“Sih!”
Emergimos e vemos

Cores, cores e mais cores

De todos os lados

Por todos os lados

Cores, cores e mais cores

Afundamos e voltarmos a peseudoescuridão
Emergimos e afundamos

Emergimos e afundamos

Emergimos e afundamos

Mas, voltamos à escuridão?

Ou levamos as cores para baixo?

Emergimos e afundamos

Emergimos e afundamos

Emergimos e afundamos

Mas, voltamos ao silêncio?

Ou levamos as vozes para baixo?

Emergimos e afundamos

Impulsionados para e para baixo

Emergimos e afundamos

Emergimos e afundamos

Mas, levamos a escuridão para fora?

Ou levamos as cores para dentro?

Emergimos e afundamos

Emergimos e afundamos

Mas, voltamos para as vozes e cores ou voltamos para o nosso silêncio ou e nossa escuridão?

 

Pablo SRosa

Anúncios

2 Respostas

  1. NÃO POR NADA NÃO, MÁS DA MINHA OPNIÃO OS POETAS TEM QUE MUDA A LINGUAGEM DE SE ESCREVER POR POVO ENTENDER A VERDADEIRA MENSAGEM QUE VOÇÊS QUEREM RALMENTE PASSAR

    08/10/2012 às 21:59

    • Pablo Rosa

      Creio que a linguagem do poema não é complicada, apenas é metafórica, pois o objetivo do poema é “sair das linhas”, se é que você entende.
      Obrigado pela opinião.
      PabloSRosa

      08/10/2012 às 22:04

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s